Menino de 7 anos é estuprado em União; suspeito é amigo do pai da vítima

Mãe suspeitou que menino foi vítima de estupro após perceber mudanças no comportamento da criança, que ficou irritadiço e demonstrando medo constante. O caso está sendo investigado pela Delegacia de União.

A Polícia Civil de União investiga uma denúncia de estupro contra um menino de 7 anos, que aconteceu em setembro. O suspeito, segundo o depoimento do menino ao Conselho Tutelar, é um homem que frequenta a casa do pai da vítima.

Segundo a conselheira tutelar Renata Bezerra, o menino, que vive com a mãe em Teresina, foi levado em julho para a casa do pai, que mora em União, a 55 km da capital, para passar parte do período de isolamento social.

Quando o menino voltou para casa, em Teresina, a mãe teria percebido mudanças no comportamento do filho, que ficou irritadiço e demonstrando medo constante. “O menino estava sem conseguir sentar, e sentindo dores na região genital. Ele só chorava, e começou com esses comportamentos”, contou a conselheira.

O comportamento levantou as suspeitas na família, e o menino relatou o crime depois que uma tia sua insistiu para que ele falasse.

“O que ele falou foi que um homem, amigo do pai dele, pegou ele na hora que ele saiu de casa para brincar em um campo e cometeu o estupro. O menino falou também que foi ameaçado, que o homem dizia que iria matar ele”, contou a conselheira.

O caso foi então denunciado no Conselho Tutelar de Teresina e encaminhado para a Delegacia de Proteção à Criança e Adolescente (DPCA). O menino passou por exames periciais no Instituto Médico Legal (IML), que constataram o estupro e que o menino sofreu lesões na região genital.

O menino está sendo acompanhado pelos psicólogos do Centro Atenção Psicossocial (Caps) em Teresina. O caso está sendo investigado pela Delegacia de União.

 

Por Andrê Nascimento, G1 PI

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *