Novo documento reacende disputa por herança de Gugu Liberato

Rose Miriam tem novo documento para tentar comprovar união estável com Gugu.

O sonho de uma vida nos Estados Unidos. Um lugar longe dos holofotes para os três filhos adolescentes estudarem, sem preocupações. Esse era o plano de Gugu Liberato até a sua morte, em novembro de 2019, num acidente dentro de casa, em Orlando, na Flórida.

Os filhos de Gugu se mudaram com a mãe, Rose Miriam, para lá em julho de 2015. Em 2016 Rose Miriam entrou com pedido de Green Card – o visto de residência permanente – para ela e os filhos.

Existem várias maneiras de se obter o Green Card. Uma delas é investir uma quantia nos Estados Unidos. Pelas regras de 2016, essa quantia era de US$ 500 mil. Uma das exigências do governo americano é comprovar a procedência do dinheiro. Gugu fez uma doação nesse valor para Rose, tudo documentado. E é aí que começa o novo capítulo dessa história.

No processo para o pedido de Green Card está uma declaração de Gugu às autoridades de imigração americanas. O documento, em inglês, passou por uma tradução juramentada, registrada em cartório, a pedido da defesa de Rose. A declaração foi assinada por Augusto Liberato. E nela Gugu diz que tinha uma fortuna de mais de R$ 200 milhões.

E a tradução segue dizendo: “tenho uma companheira de muitos anos, rose Mirian Souza Di Matteo, que é mãe de nossos três filhos: João, Marina e Sofia”. O texto diz também: “presenteei US$ 555 mil da minha conta para uso pessoal da minha companheira”. No fim ele diz: “declaro que o que acima exposto é verdadeiro e correto, tanto quanto é do meu conhecimento, sob pena de perjúrio”.

Essa semana, a defesa de Rose Mirian, apresentou a tradução do documento à Justiça brasileira que analisa o processo de reconhecimento de união estável movido por Rose.

O que está em jogo é a fortuna deixada por Gugu. Depois da morte do apresentador, a família se reuniu para a leitura do testamento. Nele, Gugu dividiu sua fortuna assim: 75% para os três filhos e o restante para os cinco sobrinhos.

Rose Miriam não é citada no testamento. Desde então, ela luta na Justiça para provar que tinha uma união estável com Gugu, o que daria direito a ela à metade do patrimônio que ele construiu enquanto estiveram juntos. Veja a reportagem na íntegra no vídeo acima.

 

Por GShow

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *