Padaria e mercado oferecem alimentos de graça no Piauí: ‘pegue se você precisa’

Os donos de uma padaria em Parnaíba e de um mercado em Canto do Buriti decidiram deixar alimentos de graça em mesas colocadas nas portas de suas lojas, a disposição de quem tem fome.

Por Tiago Mendes, Nayara Nadja, Andrê Nascimento, TV Clube, G1 PI

Os donos de uma padaria em Parnaíba e de um mercado em Canto do Buriti decidiram deixar alimentos na porta de suas lojas, de graça, a disposição de quem tem fome. Segundo os empresários, as iniciativas solidárias têm feito multiplicar a solidariedade, e os clientes e fornecedores de produtos têm aderido à campanha.

A gerência de uma panificadora na cidade de Parnaíba, no litoral do Piauí, decidiu aumentar um pouco a sua produção para pôr em uma mesa, colocada na porta do estabelecimento pães, bolos e outros alimentos. As pessoas passam pelo local e se depararam com a placa: “Doação! Pegue se precisar!”. Mesmo com o aviso, algumas pessoas pedem permissão antes de se servir.

Estabelecimentos põem mesa com alimentos de graça para pessoas necessitadas no Piauí — Foto: TV Clube

Estabelecimentos põem mesa com alimentos de graça para pessoas necessitadas no Piauí — Foto: TV Clube

“Aqui sobra muita comida, e temos muita dó de jogar no lixo, com tanta gente que precisa. A gente está passando por um momento tão difícil com a pandemia, e por isso a gente decidiu tomar essa atitude”, comentou Fátima Passos, gerente da panificadora.

De acordo com Roberta, uma das funcionárias da padaria, a iniciativa da panificadora fez com que os clientes também decidissem participar, comprando produtos para deixar na mesa da solidariedade.

“Muitos clientes compram duas sacolas de pães e deixavam uma lá. Houve até clientes ligando, perguntando se poderia levar comida de casa para pôr na mesa”, contou.

Padaria e mercado oferecem alimentos de graça no Piauí: ‘pegue se você precisa’ — Foto: Supermercado Batistão

Padaria e mercado oferecem alimentos de graça no Piauí: ‘pegue se você precisa’ — Foto: Supermercado Batistão

Em Canto do Buriti, no Sul do Piauí, um mercado fez uma ação parecida, e pôs frutas, hortaliças e alimentos não perecíveis em uma mesa diante do estabelecimento. Leonardo Pacelle, dono do mercado, contou que o estabelecimento participa de ações sociais desde o início da pandemia, mas decidiu por a mesa após perceber haver pessoas que tinham vergonha de receber ajuda.

“A gente decidiu colocar os produtos na frente da loja porque tem muita gente que precisa, mas tem vergonha de pedir. Pais de família que perderam o emprego, que eram acostumados a ganhar o próprio dinheiro, e tem vergonha pedir. Nossa intenção é essa: por a comida na mesa para que possa m pegar. Não precisa agradecer”, disse.

Segundo ele, a atitude fez com que fornecedores decidissem doar fardos de produtos para a mesa. A iniciativa também foi copiada por outros comércios da cidade.

“Tem muita gente precisando. Uma prova disso é que estamos repondo os produtos da mesa a todo momento”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *