PI: Perícia aponta que advogada foi morta com sete facadas no pescoço

A informação da polícia é que ela teria sido atacada por uma mulher, não identificada.

Na tarde de sábado (13/02), a polícia técníco-científica esteve na residência da advogada Dra. Izadora Santos, de 41 anos, que foi encontrada morta, na sua residência na Rua Monsenhor Uchôa, no Centro da cidade de Pedro II. A informação da polícia é que ela teria sido atacada por uma mulher, não identificada, onde a mesma desferiu golpes de arma branca na região do pescoço da advogada, que teve morte imediata. As informações são do FM Imperial.

RELACIONADA:

Advogada é assassinada com facada no pescoço em residência de Pedro II/PI

Segundo o perito Técnico Wilson, após a perícia preliminar, o corpo foi encaminhado para Teresina onde foi realizado exame cadavérico e emitido para o IML para fazer a necropsia para saber com precisão às causas da morte. Ainda de acordo com o perito, a advogada teve em torno de sete perfurações da região do pescoço por uma arma branca.

O delegado regional de Piripiri, Dr. Jorge Terceiro, também esteve acompanhando o trabalho da policia técnica e informou que agora entra em campo para poder identificar a autora do crime.

A OAB-Piauí divulgou uma nota de pesar repudiando e lamentando o assassinato da advogada Izadora Mourão. A diretoria decretou luto oficial de três dias e afirmou que estão no município de Pedro II prestando toda a assistência à família e cobrando das autoridades policiais providências urgentes.

Dra. Izadora, era advogada com especialização em Direito Previdenciário e Direito Processual do Trabalho, Assistente Social com especialização em Gerontologia Social, professora de Português, Literatura e Redação com especialização em Gestão de Recursos Humanos e era muito conhecida em Pedro II e região.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *