Polícia Civil investiga agência de viagens de Teresina por aplicar golpes e causar prejuízo de R$ 400 mil

O proprietário da agência poderá responder por estelionato. Ele não foi localizado para comentar sobre o caso.

A Polícia Civil do Piauí abriu um inquérito para investigar uma agência de viagens de Teresina suspeita de aplicar golpes e causar prejuízo de cerca de R$ 400 mil.

O delegado Ademar Canabrava, do 12º Distrito Policial, informou que os clientes compravam viagens para serem usadas meses depois, contudo, eles acabavam não tendo acesso aos pacotes comprados. Até agora, quatro vítimas registraram boletim de ocorrência.

O proprietário da agência deve prestar depoimento ainda nesta semana. “O empresário pode responder por estelionato”, disse o delegado.

O g1 tentou, mas não conseguiu localizar o suspeito para comentar sobre o assunto.

Fonte: Laura Moura, g1 PI

WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 9 9922-3229

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Portal Saiba Mais