Polônia envia ajuda militar à Ucrânia

Além do apoio, país prepara pacotes de sanções

O ministro da Defesa da Polônia, Mariusz Błaszczak, comunicou que seu país enviou um comboio repleto de armamentos para a Ucrânia. Segundo o militar, o carregamento chegou ao destino. “Apoiamos os ucranianos e nos opomos firmemente à agressão russa”, declarou Błaszczak, no Twitter, na sexta-feira 25.

Blaszczak, contudo, não informou o tipo nem a quantidade de material enviado. O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, agradeceu a ajuda “concreta e eficaz em um momento tão difícil”. Zelensky disse ainda ter conversado com o chefe do Executivo da Polônia, a quem chamou “amigo de verdade”.

Além do auxílio, o conselho de ministros da Polônia se reuniu ontem para definir um pacote de sanções contra a Rússia. As autoridades polonesas também anunciaram o fechamento do espaço aéreo do país para companhias de avião russas. Vizinha da Ucrânia, a Polônia estuda ainda receber refugiados.

Ucrânia sinaliza que não vai se render

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, divulgou um vídeo na manhã deste sábado, 26, para reafirmar sua intenção de resistir à ofensiva russa. O material foi publicado depois de os soldados ucranianos repelirem os ataques do Exército de Moscou. Conforme noticiou Oeste, os russos avançaram sobre a base militar de Kiev e atacaram uma geradora de eletricidade. Cerca de 50 explosões foram registradas nas principais artérias do país.

Por Revista Oeste

 

WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 99922-3229

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *