Secretários entregam na Alepi pedido de operações de crédito que ultrapassam R$ 3 bilhões

O secretário estadual de Planejamento, Antonio Neto, e o secretário de Governo, Osmar Júnior, entregaram nesta terça-feira (10) quatro mensagens de operação de crédito do governo. Juntas totalizam mais de R$ 2 bilhões de recursos.

Na primeira operação, serão pedidos R$ 1,5 bilhão para um banco privado. A segunda mensagem é apenas uma troca de dívida e não soma recursos novos. 

“São quatro operações de crédito: uma operação de crédito de R$ 1,5 bilhão, conforme já havia sido anunciado, para obras de infraestrutura com recursos do Banco MultiPlural, que é de São Paulo. A outra operação é o alongamento da dívida, ou seja, não entra recurso novo. Apenas aumenta as parcelas de pagamento. E tem R$ 1,2 bilhão de restruturação da dívida. Apenas uma troca de dívida. São 1.2 que estão no nosso passivo que serão retirados e investidos com dívidas de curto prazo de pagamento ou pagamento eminente, com taxa de juros um pouco maior, serão trocados por taxa um pouco melhor. Se troca uma dívida de R$ 1,2 bilhao e troca por outra do mesmo valor, mas com taxas melhores”, disse Antonio Neto.

O governo também fará uma operação com bancos internacionais. O recurso irá  para obras de meio ambiente e tmabém para regularização fundiária. 

“A outra operação sera até 115 milhões de dólares com o FiDA e o BID.  É um consórcio voltado para três elementos: construção de barraginhas para garantir as matas ciliares  dos rios Canidé e Piauí na região do semiárido, que é  uma obra de meu ambiente. A outra parte do recurso será usado para regularização fundiária”, afirmou.

Também seguiu uma operação de crédito junto ao Banco do Brasil para a Polícia Militar. 

“Outra operação das quatro são R$ 100 milhões junto ao Banco do Brasil.  O valor de R$ 100 milhões para comprará equipamentos para a Polícia Militar”, disse.

A Assembleia irá  iniciar o trâmite das votações. “Apresentamos o projeto de Lei que apresenta os programas. Depois vamos formatar as cartas consultas para os organismos internacionais. O total será mais de R$ 3 bilhões de recursos”, disse.

 

Lídia Brito/Cidadeverde

Compartilhe:
RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *