Boqueirão do Piauí: homem acusado de homicídio qualificado é condenado a 12 anos de prisão

O réu está preso e não poderá recorrer em liberdade. Todas as teses da acusação foram acolhidas pelo Conselho de Sentença.

O Ministério Público do Piauí, por meio da Promotoria de Justiça de Capitão de Campos com o apoio do Grupo de Apoio aos Promotores de Justiça com Atuação no Tribunal do Júri (GAEJ), obteve a condenação de José Wellington Macedo Costa pelo crime de homicídio qualificado, por motivo fútil, conforme tipificação prevista no artigo 121, § 2°, inciso II, do Código Penal. A sessão do Tribunal do Júri aconteceu nesta terça-feira, 10 de maio.

O crime ocorreu em abril de 2020, na cidade de Boqueirão do Piauí. José Wellington Costa matou Antônio Batista Rodrigues Magalhães com um golpe de faca. Pelo delito, José Wellington foi condenado a 12 anos de reclusão, em regime fechado. O réu está preso e não poderá recorrer em liberdade. Todas as teses da acusação foram acolhidas pelo Conselho de Sentença.

(Foto: reprodução)

O Promotor de Justiça Jessé Mineiro de Abreu atuou no julgamento como representante do Ministério Público do Piauí. Os trabalhos do júri foram presididos pelo juiz Leon Eduardo Sousa e a defesa técnica feita pela Defensoria Pública do Estado.

Entenda o caso

Um homem identificado por Antônio Batista Rodrigues Magalhães, 35 anos de idade, foi morto a facada no dia 26 de abril de 2020, no município de Boqueirão do Piauí. O acusado foi identificado como Wellington e está foragido.

Na época, houve uma discussão entre acusado e vítima. Fontes que presenciaram a discussão afirmaram que na rua onde aconteceu o crime funciona um ponto de venda de drogas. A polícia não confirmou a informação, mas a polícia destacou que o acusado do crime é usuário de drogas.

Familiares da vítima informaram à polícia que Antônio Batista saiu para um bar, que estaria fechado. Encontrou o acusado, tiveram uma discussão, que resultou no esfaqueamento. O acusado do crime foi localizado dias depois em Campo Maior.

Portal O Dia

WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 99922-3229

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *