Uncategorized

Decretado segredo de justiça em inquérito sobre morte de Janaína Bezerra

A Central de Inquéritos de Teresina decretou segredo de Justiça na investigação sobre a morte da estudante de Jornalismo Janaína da Silva Bezerra, 21 anos, vítima de estupro e feminicídio . A investigação sobre o caso, que aconteceu no último final de semana, na Universidade Federal do Piauí (UFPI), é de responsabilidade do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP). Suspeito do crime, o estudante de mestrado Thiago Mayson da Silva Barbosa, de 28 anos, está preso .

O advogado Francisco Figueiredo, que representa a família de Janaína da Silva, informou que como se trata de um crime sexual é normal as negociações solicitadas em segredo de Justiça.

“Eu já havia sugerido na terça-feira para a delegada [do Núcleo de Feminicídio do DHPP] sobre o segredo de Justiça. É ela quem conduz o inquérito e quem solicitou, e a Justiça já atendeu. O segredo de Justiça é por ser um crime de violência sexual, onde esse tipo de crime já traz a obrigatoriedade do sigilo das informações, até para proteger uma vítima. Então agora com o segredo, as partes da defesa e acusação não podem mais divulgar algumas informações do processo”, explicou.

Francisco Figueiredo disse que como Thiago Mayson está preso pelo crime, o DHPP tem até o dia 6 de fevereiro para encerrar o inquérito. Os laudos periciais, como o exame de DNA, são considerados importantes para denúncia contra o estudante.

“Estamos agora aguardando a remessa das perícias solicitadas, e no dia 6 queremos ter acesso ao inquérito. Agora o importante são as perícias que demandam uma certa complexidade. Sabemos que está sendo dada prioridade ao caso, então vamos aguardar as perícias, como a do exame de DNA e de local do crime”, destacou.

Foto: Arquivo Pessoal

Thiago Mayson

o caso

Janaína da Silva Bezerra morreu no último sábado nas dependências da Universidade Federal do Piauí (UFPI). Segundo laudo do Instituto de Medicina Legal, a jovem apresentava representações de violência sexual e estava com o pescoço quebrado.

Ela ainda chegou a ser levada para o Hospital da Primavera, mas já estava sem vida. 

O suspeito do crime é o estudante de mestrado Thiago Mayson da Silva Barbosa, 28 anos, que estava com Janaína em uma calourada que lutou na universidade. Ele está preso preventivamente desde o último sábado, após a confirmação da morte do jovem. 

Ao longo da semana, funcionários da UFPI, amigos da vítima e pessoas que estavam na calourada que aconteceram no dia do crime prestaram depoimento ao DHPP. 

O inquérito sobre o caso deve ser concluído até a próxima semana. 

Homenagem 

A Universidade Federal do Piauí (UFPI) anunciou a realização de uma missa de sétimo dia pelo falecimento de Janaína da Silva Bezerra. a celebração vai ocorrer na Igreja Nossa Senhora de Fátima, na zona Leste da capital, e deve reunir amigos, professores e familiares do estudante de Jornalismo. 

Fonte: Bárbara Rodrigues/Cidade Verde

 

WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 99922-3229

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Portal Saiba Mais