Municípios

Em Teresina, idosa de 81 anos que matou arrombador entrega arma à polícia e confessa crime

Na foto acima é o local aonde ocorreu o crime

A idosa de 81 anos, Domingas Rosa de Araújo Mineiro, suspeita de matar David da Cosa Sousa, de 32 anos, ao arrombar seu comércio, se apresentou no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Ela confessou que foi ela quem atirou e entregou a arma, um revólver calibre .38, que teria sido utilizada no crime.

David da Costa morreu com tiros na cabeça, nas escadas que davam à residência de Domingas, na madrugada do dia 4 de setembro, no bairro Tabuleta, zona Sul de Teresina. Ele havia arrombado o comércio que fica embaixo da casa da idosa e subia as escadas quando foi alvejado.

No depoimento, Domingas disse que estava sozinha, ouviu um barulho e já desceu com a arma em punho. As informações da idosa, do filho que chegou ao local momentos depois e de vizinhos foram colhidos pelos policiais do DHPP.

“Ela chegou acompanhada da advogada, apresentou a arma e foi ouvida. O depoimento dela e das outras pessoas foram colhidos. Inclusive de vizinhos que afirmaram que quando o filho dela chegou, a casa já estava arrombada. Vamos aguardar os laudos de local de crime, exame cadavérico para saber o trajeto das balas para concluir o inquérito”, informou o coordenador do DHPP, Francisco Baretta ao Cidadeverde.com.

Foto: Renato Andrade/Cidadeverde.com

Sobre a vítima, o delegado disse que ele já respondia por tráfico, roubo e furto e era natural do Maranhão, para onde o corpo foi levado.


Por Caroline Oliveira/Cidade Verde


WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 9 9922-3229

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Portal Saiba Mais