Destaques

“Era uma boa menina”, lamenta pai da estudante Janaína Bezerra, morta na UFPI

O mecânico Adão Bezerra em entrevista ao jornalista Efrem Ribeiro afirmou que Janaína era a primeira da família a fazer um curso superior.

A estudante de jornalismo Janaína Bezerra da Silva, de 21 anos foi brutalmente assassinada na madrugada desse sábado (28) após uma festa na Universidade Federal do Piauí (UFPI). A vítima foi encontrada com hematomas pelo corpo e chegou a ser encaminhada para o Hospital da Primavera onde óbito foi confirmado.

O pai da vítima, o mecânico Adão Bezerra Nascimento em entrevista ao jornalista Efrem Ribeiro afirmou que Janaína era a única dos três filhos que estava matriculada em um curso superior. “Ela era uma menina boa. Tinha vez que ela saia e voltava. 10 horas já estava em casa. Ela estava terminando [curso de jornalismo] e faltava apenas dois anos pra se formar”, lamentou.  

O que se sabe  

A jovem chegou no Hospital da Primavera acompanhada do principal suspeito do crime, o mestrando de matemática Thiago Mayson da Silva Barbosa. Informações preliminares indicam que a vítima foi encontrada desacordada em seus braços.   

 

Janaína Bezerra da SilvaFoto: Reprodução/Instagram

O coordenador do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), delegado Francisco Costa, o Baretta informou ao Lupa1 que a estudante pode ter sido vítima de violência sexual e possuía hematomas pelo corpo. Janaína também foi encontrada com bastante sangue nas partes intimas e com as roupas reviradas.   

Primeiro levantamento da perícia  

A perícia da Polícia Civil do Piauí foi ao local do crime ainda na tarde desse sábado (28) e encontrou sangue em um colchão que fica dentro de uma sala da universidade. O local era usado pelo mestrando Thiago Mayson da Silva Barbosa. 

 

Thiago MaysonReprodução/Redes Sociais

Os profissionais também encontraram outras marcas de sangue na sala, demarcando e registrando toda a cena do crime para aprofundar as investigações. Os policiais esperam o resultado do exame que irá comprovar a causa da morte de Janaína.  

Fonte: Lupa1

WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 99922-3229

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Portal Saiba Mais