Festejo de Santo Antônio é adiado pela 1° vez em mais de 300 anos devido à pandemia

Atualmente, o evento está apenas suspenso. Caso seja possível, o festejo poderá acontecer no mês de setembro.

Por TV Clube, G1 PI

O festejo de Santo Antônio, que tradicionalmente acontece todos os anos em Campo Maior, teve que ser adiado neste ano devido à pandemia da Covid-19. Essa foi a primeira vez que o evento religioso foi suspenso em mais de 300 anos.

A celebração inicia no dia 31 de maio e vai até 13 de junho, data em que se comemora o Dia de Santo Antônio, conhecido como ‘Santo Casamenteiro’. Em entrevista à TV Clube, dom Francisco Gabriel, bispo da Catedral Santo Antônio, local onde a tradição é cumprida neste período, contou que no ponto de vista religioso, as orações e a fé não foram diferentes em relação aos outros anos.

“Nós celebramos uma trezena desde o dia 31 de maio até o dia 13 de junho. Do ponto de vista da oração, da espiritualidade, não ouve nenhuma diferença. As pessoas não estavam aqui, mas elas estavam na sala, no quarto, estava no hospital, enfim. Elas podem nos acompanhar. A tradição foi quebrada, isso é histórico”, contou.

As missas e novenas foram realizadas na catedral sem a participação da população. Os fiéis puderam acompanhar por meio das redes sociais. O ‘Pau de Santo Antônio’ que, segundo a tradição, traz o amor caso o devoto toque-o, teve que ser colocado dentro da igreja.

Segundo a prefeitura, o tradicional festejo iniciou muito antes de Campo Maior se tornar cidade, porém, em outro formato. Atualmente, o evento está apenas suspenso. Caso seja possível, o festejo poderá acontecer no mês de setembro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *