Sem 40% de insalubridade, profissionais de saúde em Piripiri entregam plantões

Profissionais de saúde plantonistas no Hospital Regional Chagas Rodrigues, em Piripiri, comunicaram, que não vão mais cumprir plantões na área Covid que incluem enfermaria, pronto socorro e UTI. Os profissionais resolveram entregar as escalas a partir da quinta-feira (11) devido à falta de pagamento de 40% de insalubridade.

Os plantonistas afirmam que só voltarão às atividades com o acréscimo dos 40% de insalubridade referente ao mês de abril . Eles reivindicam também o adicional que nos salários dos meses seguintes. A situação foi comunicada à Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) através de uma carta.

Por meio de nota, a assessoria da Sesapi informou que o percentual de insalubridade é verificado caso a caso, de acordo com o grau de risco da função e o ambiente de trabalho e que os valores obedecem a um teto, conforme orientação do Tribunal de Contas do Estado.

A nota informa ainda que Governo está construindo uma solução para a questão do adicional, mas que os salários dos profissionais estão pagos até o mês de abril. Por fim, a nota informa que a Sesapi aguarda a folha de pagamento dos hospitais para o pagamento de maio até a sexta-feira (12).

Por Cidadeverde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *