Foragido da penitenciária é suspeito de ter matado mulheres em Padre Marcos

O crime aconteceu na noite desta quinta-feira

As primas Edilene Silva e Jayane Silva foram assassinadas a tiros na noite desta quinta-feira, dia 26 de novembro, na localidade Jiló, situada na zona rural do município de Padre Marcos.

O crime chocou a população do município. No momento do crime dois homens chegaram em uma motocicleta modelo Honda Bros, se aproximaram e efetuaram os disparos contra Edilene. Jayane tentou fugir, mas também foi atingida.

De acordo com o comandante do Grupamento da Polícia Militar do município, tenente Edvan, a arma usada no crime tinha calibre 38.

“Quando os policiais chegaram no local as duas já estavam mortas, os corpos estavam em uma distância de cerca de cem metros um do outro. Foram realizadas diligências em busca dos autores do crime. De acordo com o histórico da vida pregressa das mulheres, foi descoberto que elas eram testemunhas de um homicídio ocorrido há alguns anos, inclusive uma delas era companheira da vítima”, disse o militar.

Ainda de acordo com Edvan, o autor do crime ocorrido na época havia fugido da Penitenciária José de Deus Barros.

“Ele teria ameaçado que quando saísse da cadeia iria matar ela. Essa esta sendo a nossa primeira linha de investigação. O caso foi repassado à Polícia Civil, que deverá dar continuidade às investigações”, concluiu o tenente.

 

Por Picos40graus

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *