Motociclista é perseguido e assassinado a tiros na Ponte da Tabuleta

Um motociclista foi perseguido e assassinado a tiros na manhã desta quarta-feira (11) em cima da ponte da Tabuleta, que liga as cidades de Teresina e Timon (MA). O crime aconteceu por volta das 10h e ocasionou um congestionamento intenso de veículos nas proximidades do local. O trânsito foi liberado cerca de duas horas depois.

Segundo informações do Departamento de Homicídios de Timon, Leandro dos Santos Roldão, 31 anos, foi perseguido por dois suspeitos e executado no local com diversos tiros. Pelo menos 12 projéteis foram encontrados na pista

“Ele estava de Teresina para Timon quando começou a ser alvejado com pistola .40, vários disparos, ele chegou a tombar com os primeiros disparos e o criminoso desceu e consumou a ação, efetuando mais disparos contra a cabeça”, explicou o delegado Otávio Chaves.

De acordo com a Polícia Civil de Timon, a vítima já havia sido autuada por por ilegal de arma há meses atrás. Em 2014, Leandro dos Santos também sofreu uma tentativa de homicídio.

“Os primeiros levantamentos apontam que ele já foi preso por porte de arma há poucos meses e também que ele sofreu uma tentativa de homicídio, mas isso já tem muito tempo, há cerca de oito anos”, acrescentou o delegado.

Após o crime, os suspeitos fugiram e os policiais acreditam que a dupla tenha seguido em direção à Teresina. A Polícia irá coletar imagens de câmeras de segurança da ponte para ajudar nas investigações.

“A gente acredita que os criminosos voltaram para Teresina. Executaram e voltaram e a gente vai analisar as câmeras para tentar identificar”, informou Otávio Chaves.

Equipes da Polícia Militar do Maranhão e da Polícia Rodoviária Federal (PRF) isolaram a ponte, nos dois sentidos, para o trabalho dos peritos.

O Instituto de Medicina Legal (IML) de Timon foi acionado para fazer a remoção do corpo.

O caso será investigado pela Polícia Civil do Maranhã, através da Delegacia de Homicídios de Timon.

 

Flash Rebeca Lima e Deborah Radassi /Cidade Verde

 

WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 99922-3229

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *