Esportes

Mbappé anota duas vezes e França arrasa a Holanda pelas Eliminatórias da Euro

A França largou muito bem nas Eliminatórias da Eurocopa de 2024. Em um Stade de France completamente lotado, a vice-campeã do mundo precisou de somente 21 minutos para abrir enorme vantagem e encaminhar seu primeiro triunfo pelo Grupo B.

Com gols de Griezmann, Upamecano e dois do astro Mbappé, fez 4 a 0 sobre a Holanda. Antes de a bola rolar em Saint-Denis, os franceses fizeram um emocionante minuto de silêncio em homenagem ao ídolo Justin Fontaine e também ao ex-presidente da Federação Francesa de Futebol (FFF), Claude Simonet.

Após a comoção geral das arquibancadas pela lembrança de Fontaine, morto no começo do mês e que teve a imagem exibida no telão, a bola rolou e a seleção da casa saiu com tudo ao ataque. Com somente dois minutos os franceses já abriram o marcador.

Griezmann roubou a bola no meio e correu de braço erguido para a área. Mbappé recebeu na esquerda de Muani e viu e companheiro pedindo, livre. Em passe preciso, encontrou o atacante que, de primeira, desencantou após 14 meses ou 16 jogos sem gols pela vice-campeã do mundo.

Cinco minutos mais tarde e lá estavam os franceses novamente comemorando. Griezmann cobrou falta com curva, Cillessen não segurou e Upamecano aproveitou o rebote do goleiro para ampliar.

Os comandados de Didier Deschamps não diminuíram a pressão e a todo momento rondavam a área holandesa. Coman quase ampliou após cruzamento de Muani. Aké deu carrinho perigoso para salvar seu time.

A grande chance dos visitantes foi desperdiçada logo depois por Wijnaldum, com furada impressionante na grande área, sem marcação. O jogador ainda finalizou nas mãos do goleiro após boa tabela. Falhar diante de um rival empolgado acabou sendo fatal e o terceiro veio de imediato.

Aos 21 minutos, Tchouaméni lançou Muani, que tirou a perna e deixou a bola passar, confundindo os marcadores. A bola sobrou livre para Mbappé bater rasteiro e ampliar.

O astro ainda olhou para o auxiliar para ver se não estava impedido do lance. Mas partiu de trás. Cillessen ainda fez milagre em cabeçada de Kounaté antes do intervalo em um massacre no Stade de France.

O segundo tempo começou da mesma maneira que os 45 minutos iniciais. Com a Holanda administrando a posse de bola e a França, em alta velocidade, chegando sempre ao ataque. Mbappé assustou duas vezes em 10 minutos. Uma cobrança de falta espalmada por Maignan evitou gol dos visitantes.

Sem muita força ofensiva, a Holanda se protegeu melhor para tentar evitar largada nas Eliminatórias com goleada. Mesmo assim, ainda foi vazada no fim.

Logo após Diaby ter um gol anulado por impedimento, o agora capitão Mbappé transformou a vitória em goleada com batida forte de dentro da área.

No último lance, a seleção visitante teve um pênalti anotado após toque de mão de Upamecano. Depay bateu para defesa de Maignan, perdendo a chance do gol de honra, e festa completa dos franceses.

Pelo mesmo Grupo B, a Grécia visitou Gibraltar e conquistou os três pontos também com vitória tranquila. A seleção visitante anotou 3 a 0 com gols de Masouras, Slopis e Bakasetas.

BÉLGICA E REPÚBLICA CHECA LARGAM BEM

Sempre entre as favoritas na Europa, mesmo com sua geração envelhecida, a Bélgica mostrou que segue forte. Pelo Grupo F, foi até a Suécia e celebrou o triunfo por 3 a 0 com um hat-trick do artilheiro Lukaku. Ainda pela chave, a Áustria goleou o Azerbaijão por 4 a 1.

A República Checa não tomou conhecimento da Polônia de Lewandowski e ganhou por 3 a 1 no Grupo E. Com três minutos, o time da casa já tinha 2 a 0 no placar, com gols de Krejcl e Cvancara. Kuchta ampliou na fase final e Szymanski anotou o de honra no fim.

Já Moldávia e Ilhas Faroe ficaram no 1 a 1. Por fim, pelo Grupo G, a Bulgária levou 1 a 0 em casa de Montenegro e a Sérvia fez 2 a 0 na Lituânia.

Fonte: Estadão Conteúdo

WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 9 9417-2542

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Portal Saiba Mais