Polícia prende dupla acusada de tentar matar delegado em Floriano

O delegado teve o seu veículo alvejado várias vezes.

Por Meionorte

A Polícia Militar em parceria com a Polícia Civil em diligências no município de Floriano resultou na prisão dos dois homens acusados de tentar matar o delegado da cidade, Danilo Barroso, atirando várias vezes contra o seu veículo no momento em que ele chegava em sua residência na noite do último domingo.

MATÉRIA RELACIONADA

Bandidos em moto disparam vários tiros contra carro de delegado em Floriano/PI

Os presos foram identificados como Gustavo Henrique da Silva, mais conhecido como Alemão, apontado como autor dos disparos e Pablo Gabriel, o que pilotava a motocicleta.

Após localizar a dupla, eles foram encaminhados até a Central de Flagrantes. Segundo informações, durante depoimento os dois entraram em controvérsias após um afirmar que queriam atirar no carro do advogado do suspeito de um outro crime e o outro declarou que sabiam que o veículo era o do delegado. 

O CASO

Na noite de domingo, 05 de abril, o delegado Danilo Barroso, da delegacia regional da cidade de Floriano, sofreu uma tentativa de homicídio no momento em que chegava na sua residência onde seu veículo foi alvejado por vários tiros. Segundo o próprio delegado, que não foi atingido visto que o carro é blindado, dois homens atiraram várias vezes contra o automóvel. As informações são do JC24Horas.

A suspeita é de que os autores dos disparos queriam atingir alguém que poderia estar com o delegado, visto que no mesmo dia, um homem identificado como Roger, apontado como autor do homicídio de Italo Ferreira Quaresma se apresentou na Central de Flagrantes 24 horas depois do crime. De acordo com informações, Roger estaria agredindo a sua companheira quando ao tentar fugir, ela entrou na casa de Italo e pediu socorro, a vítima tentou impedir que o homem continuasse agredindo sua esposa quando foi alvejada a tiros. O crime causou muita revolta na cidade. Vários integrantes da família da vítima estavam nas imediações da delegacia na expectativa de informações sobre o destino que seria dado ao Roger.

Os moradores se revoltaram e pouco tempo depois o delegado Danilo Barroso chegou no local com seu veículo alvejado.

“Eles podem ter achado que eu estava com o suspeito, já que os tiros se concentraram na parte de trás, mas eles erraram e a gente vai dar a resposta”, disse o delegado Danilo Barroso.

Crédito: JC24horas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *