PSD quer vaga na majoritária e ampliar bancadas estadual e federal no Piauí

Deputado diz que partido tem expressão e merece disputar uma vaga na chapa majoritária.

Com parceria forte nos municípios, a meta do PSD é trabalhar para eleger quatro deputados estaduais, com possibilidade de ocupar até 5 cadeiras na Assembleia Legislativa e eleger 2 deputados federais. A informação é do deputado estadual Georgiano Neto (PSD) durante entrevista à TV Jornal Meio Norte.

O deputado tem viajado pelo interior, acompanhando agenda do governador Wellington Dias e o coordenador do PRO Piauí, secretário Rafael Fonteles. “Essas agendas são muito positivas, com inaugurações, entrega de obras e anúncio de investimentos. São agendas com resultados importantes”, disse.

Georgiano declara que no plano político, o PSD trabalha as chapas proporcionais e está otimista com os nomes que o partido dialoga para vir fazer parte da chapa. “Teremos adesão de partidos com e sem mandato e vejo o resultado desses diálogos com muito otimismo”, diz o deputado, informando que os nomes devem ser revelados em breve.

Bom diálogo com governo estadual

Além do fortalecimento das chapas proporcionais de deputados estaduais e federais, Georgiano diz que o PSD tem bom entendimento com o governador Wellington Dias e com o pré-candidato a governador Rafael Fonteles e o partido pela representação e importância que tem no Piauí busca uma vaga na chapa majoritária, seja como vice-governadoria ou senador. “Essa situação precisa ser definida. O PSD precisa estar contemplado para poder participar de forma mais efetiva nas eleições de 2022”, diz, enfatizando que o seu partido não faz jogo duplo.

Ele acredita na habilidade de diálogo e estratégia do governador Wellington Dias e caso não seja contemplado na chapa majoritária, Georgiano diz que em política não existe a palavra nunca, tudo é dinâmico. “O PSD quer, de maneira justa e merecida, um reconhecimento e participação na chapa majoritária”.

No cenário federal, Georgiano diz que o deputado federal Júlio César tem bom entendimento com o Governo Federal e aguarda uma posição do presidente nacional Gilberto Kassab sobre orientação para o pleito de 2022.

O deputado falou também sobre a transferência de emendas parlamentares direto aos municípios, explicando que houve uma adequação à legislação federal e isso vai garantir mais celeridade na execução das obras nos municípios, seguindo os processos legais e também aos órgãos de controle. Ele falou também sobre a parceria com a Prefeitura Municipal de Teresina, destacando a obra do asfaltamento da Fazenda Soares.

Por Meio Norte

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *