Municípios

Rio Longá segue em cota de alerta e Esperantina já tem 10 famílias desabrigadas

As fortes chuvas e o aumento do nível do rio Longá, que está em cota de alerta, vêm causando transtornos à população do município de Esperantina (a 184 km de Teresina). O secretário municipal de Assistência Social, Valter Santos, informou que até a manhã desta quarta-feira (22), 10 famílias foram removidas de pontos de alagamentos na cidade.

“De ontem até hoje, nós conseguimos retirar dez famílias, totalizando 35 pessoas, sendo que dessas dez famílias, nós tiramos duas famílias que foram para casa de parentes e para essas pessoas que estão na casa de familiares, a prefeitura faz doação de cesta básica para manter as famílias”, disse o secretário.

O restante das famílias estão em duas escolas do município de Esperatina. Valter Santos ressaltou que os bairros mais afetados são Batista de Amorim e Pedreiras.

“As outras sete famílias são dos bairros Batista de Amorim e Pedreiras, que nós retiramos elas dessa região de alagamento ribeirinhas e colocamos em colégio municipais. No colégio Cristo Redentor nós temos seis famílias, total de 11 adultos e oito crianças. No colégio Meire Fernandes nós temos duas famílias, total de quatro adultos e cinco crianças. Nos colégio municípios, até o momento, nós temos 28 pessoas que estão abrigadas”, acrescentou Valter Santos.

De acordo com dados do sistema de monitoramento do Serviço Geológico do Brasil, o rio Longá permanece em cota de alerta no início da tarde desta quarta-feira(22), com 6,68 metros.

Foto: Kléber Oliveira Revista AZ

Ainda de acordo com Valter Santos, membros da Defesa Civil de Teresina vão realizar uma perícia junto com as equipes da Prefeitura de Esperantina para repassar a situação do município à Defesa Civil Estadual.

“Nós estamos recebendo o pessoal da Defesa Civil de Teresina para fazer uma perícia na região do rio Longá, nos ribeirinhos, para que possa passar para a Defesa Civil do Estado a situação que estamos hoje aqui em Esperantina porque nós já estamos no nível de inundação e isso é um preocupante muito grande”, informou o secretário de Assistência Social.

O secretário destacou também que as famílias desabrigadas estão recebendo cestas básicas, alimentação, além da assistência dos profissionais de saúde do município.

Situaçãos de emergência

Em caso de situações de risco ou emergência, a população pode acionar a Defesa Civil de Esperantina através do telefone (86) 9 9964-3404.

Fonte: Rebeca Lima/Cidade Verde

 

WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 9 9417-2542

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Portal Saiba Mais