Roberto Jefferson realiza exames psiquiátricos

Ex-deputado está proibido de receber visitas

O ex-deputado federal Roberto Jefferson passou por uma série de exames psiquiátricos nos últimos dias, depois de ser transferido da prisão onde cumpre pena.

Ele está preso desde outubro do ano passado, quando reagiu durante uma abordagem de agentes Polícia Federal que cumpriam um mandado contra o ex-parlamentar.

A transferência foi autorizada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, que atendeu a um pedido da defesa de Jefferson. Enquanto estava no sistema penitenciário, o ex-deputado sofreu uma queda e desmaiou dentro da cela.

Segundo a defesa, Jefferson teria emagrecido 17 quilos durante os sete meses em que está preso, além de ter alucinações. Para os advogados, não há condições da manutenção da prisão do ex-deputado.

Um laudo médico da Secretaria de Administração Penitenciária do Rio de Janeiro, realizado a pedido de Moraes, diagnosticou quadro depressivo no ex-presidente do PTB.

A queda de Roberto Jefferson e a suspeita de traumatismo craniano

Roberto Jefferson
Jefferson está preso desde outubro do ano passado | Foto: Reprodução/Redes sociais

Exames realizados no ex-deputado, no domingo 4, descartaram a existência de traumatismo craniano. Ele foi transferido do Complexo de Gericinó, em Bangu, para o Hospital Samaritano Botafogo, na zona sul do Rio.

Jefferson ficará sob escolta permanente da Polícia Penal enquanto permanecer no hospital. Ele também foi proibido de ter sua mulher o acompanhando de forma integral durante o tratamento.

Fonte: Revista Oeste

WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 9 9922-3229

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Portal Saiba Mais