Municípios

Gaeco cumpre 12 mandados em operação contra desvios de recursos em Uruçuí

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público (MPPI), deflagrou nesta segunda-feira (20) a “Operação Cerrados”. Ao todo, estão sendo cumpridos 12 mandados de busca e apreensão no município de Uruçuí, Teresina, Timon (MA) e Balsas (MA).

A investigação visa apurar a prática dos crimes de desvios de recursos públicos, organização criminosa, lavagem de dinheiro, fraude à licitação, peculato, corrupção ativa e corrupção passiva, cometidos através de contratos firmados entre empresas de fachada e a prefeitura de Uruçuí (a 450 km de Teresina).

Entre os alvos da operação, estão políticos e seus familiares, servidores públicos, empresas com atuação no Município e seus sócios-proprietários.

Os trabalhos também contam com a participação da Polícia Civil, Polícia Militar, Tribunal de Contas do Estado (TCE-PI) e Ministério Público do Maranhão.

“Até o momento, a investigação aponta a existência de uma associação criminosa visando o desvio de recursos públicos do Município de Uruçuí, o qual era executado com o direcionamento de licitações à determinada empresa utilizada pela organização criminosa, seguido de sua contratação com sobrepreço pelo gestor municipal. Após o pagamento da empresa, parte do recurso público era remetido, diretamente ou por meio de pessoas interpostas, para as contas bancárias dos empresários, políticos e seus familiares, bem como de empresas ligadas a eles”, informou o Gaeco, através de nota.

Participaram diretamente da execução da operação Promotores de Justiça do Estado do Piauí, Delegados e Agentes da Polícia Civil, equipes da Polícia Militar, servidores do Ministério Público Estadual e auditores do TCE-PI, em ação integrada com o GAECO do MPMA.

Fonte: Nataniel Lima/Cidade Verde

 

WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 9 9417-2542

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Portal Saiba Mais