Homem é morto durante operação policial em Santana do PI

Na manhã desta quarta-feira, 23, uma operação de combate ao tráfico ilícito de entorpecentes foi deflagrada no município de Santana do Piauí, distante 19 km de Picos. Na ação, um homem identificado por Adriano José de Brito, veio a óbito após resistir ao cumprimento de mandado de busca e apreensão que seria realizado em sua residência.

Segundo informações preliminares, Adriano era um dos alvos da operação. A equipe de policiais chegou até a sua residência na comunidade Barro e o mesmo em resposta sacou a arma e apontou para os policiais que efetuaram disparos de arma de fogo. O projétil atingiu os olhos da vítima que teve morte imediata no local.

A Operação foi realizada na sede e comunidades rurais do município. Participam da mesma policiais do 4º Batalhão de Polícia Militar, Polícia Civil, Batalhão Especializado de Policiamento do Interior (BEPI) e Canil.

O delegado do 1° Distrito Policial que conduziu a operação, Petrônio Henrique, destacou que a ação é fruto de investigações realizadas que apontaram a prática do tráfico articulada por cinco elementos no município santanense.

“A Operação nasceu em decorrência de investigações a cerca do tráfico de drogas que estava intenso na cidade de Santana do Piauí. Em razão de denúncia anônima, começamos a investigar e descobrimos que cinco pessoas estariam traficando. Requisitei ao Poder Judiciário os mandados de busca e apreensão nas residências. Um dos alvos que foi o Adriano reagiu e acabou sendo alvejado pelos policiais que estavam em legítima defesa. Ele sacou o revólver, apontou para os policiais e veio a óbito”, explicou o delegado.

O delegado ainda informou que na casa de Adriano foram encontrados entorpecentes como maconha, cocaína. Nas outras residências não foram localizadas drogas.

O corpo de Adriano foi encaminhado para o Núcleo do Instituto de Medicina Legal (IML), em Picos.

Adriano Brito possuía um restaurante no bairro Bomba, em Picos.

Operação Santana

A Operação Santana resultou na apreensão de aparelhos celulares, uma pequena quantidade de cocaína, tablete de maconha e um caderno.

Arma utilizada por Adriano

Em rede social, BEPI esclarece sobre abordagem que resultou em morte de homem 

A equipe chegando no local de cumprimento do mandado verbalizou diversas vezes para consentimento da entrada, porém, não sendo atendidos, os policiais escalaram o muro e adentraram pela sacada do imóvel, que era um sobrado, onde da sacada se identificarem novamente de forma verbal informando se tratar da Polícia, e quando adentrou no interior do imóvel pela porta da sacada, a equipe foi surpreendida pelo indivíduo Adriano José de Brito, portando uma arma na mão tipo revólver, apontada para os dois policiais que estavam fazendo contato visual e verbal; Adriano ao fazer menção que iria disparar contra os agentes da segurança foi neutralizado por 03 (três) disparos efetuados de Pistola de carga da PM-PI.

Após cessar a iminente agressão reativa do indivíduo, os policiais militares juntamente com o Delegado e equipes da PC, responsáveis pela operação, prestaram socorro imediato a Adriano.


Fonte: Cidade Verde


WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 9 9922-3229

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Portal Saiba Mais